domingo, 4 de janeiro de 2009

Maldição




Estou abençoado por uma maldição
todos estamos onde deveríamos estar
vivemos cada situação
pelas bençãos do destino que traçamos

Intendo o passado
vejo o presente
crio o meu futuro já traçado
pela minha concepção

Observo minha conciência
com um ar crítico
minhas atitudes compulsivas
tem mais valor do que as planejadas

Meu subconciente é mais sábio
meus instintos me traem
meu planejamentos são baseados neles
mas graças as compulsivas atitudes
sigo um rumo melhor

Declínio da razão humana
incoerente e incocequênte
apenas meu espírito vive
meu corpo morreu

Apenas quero o que todos desejamos
mas sabemos,
tudo tem um preço pelo qual nem sempre
podemos pagar

Um comentário:

Imaginary Decadence disse...

Olá!
Obrigada pelos comentários e pela indicação!
Su blog também está entre meus preferidos e visitarei sempre.

è bom saber que alguém pensa como eu.Encontro encontro em suas palavras certas familiaridade e conforto...Por que não ser abençoado com uma maldição?
e pra que seguir a razão?!

beijos!