segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Transitório


Quero dançar, fechar meu olhos
viajar ao mundo
Todo esse ritimo me leva
quero vida quero continuar a sentir
não me faça esquecer o que sinto
seja como for

Destas palavras o real não se traduz
brisa leve que me toca
acaricia fazendo-me sentir a vida
leve como um toque de amor

É como se perder
e querer estar onde se está
é como uma leve tontura
que te abala por instantes te levando a outro mundo
é como cair inesperadamente
é como borboletas voam

Por onde tenho andado não importa
mas sei que devo andar só por andar
minha vontade,
devo esquece-la
devo abraça-la
devo ?!

Explosões químicas me afetam
como uma epidemia sem controle
não estou presente
alegorias fantasiosas
verdades ilusórias

Está próximo da hora do sono
Está calmo
O chão iluminado pela lua
avisa, que está perfeito
Cheia, transbordante

Vivo
Vivo
Vivo

5 comentários:

+ + † Srta. Vate † + + disse...

É... o silencio sempre acalma e acalenta pensamentos caóticos...
E a tristeza é como "é como uma leve tontura
que te abala por instantes te levando a outro mundo..."
Adorei a postagem de ontem... =)
Fico feliz que tenha gostado!
abraços!
Vou add seu blog no meu!
ate+

† Nah † disse...

Saudações!!!
Obrigada pela visita...
teu blog tah massa ^^

vou add vc nos meus amigos ta?!

Que os Deuses te guiem e te levem em suas mãos...

Bloody Kisses

+ + † Srta. Vate † + + disse...

^^x
é... Por momentos de angustia em que estive presa semana passada, cheguei até a pensar que desmerecida de tudo eu era... =/
Até do amor de quem diz me amar mais que sua propria vida...

Mais até que fui forte...
Renunciei a tudo mesmo o amor...
Doloroso mais preciso...
=)
Sinto-me melhor...
uns 52%...
=/
Um abraço saudoso em ti!

+ + † Srta. Vate † + + disse...

CORREÇÂO: "Mais até que fui forte...
Renunciei a tudo, MENOS o amor...
Doloroso mais preciso..."
x___X Desculpe-me... *secuelas..

Brennah Enolah disse...

Obrigada pelas palavras, mal sabes o tormento pelo qual estou passando. Espero sair viva dessa prisão.

Bjos querido, até breve.